Uma carta de amor de um cibercriminoso

Hoje é Dia de São Valentim, por isso poderá estar a pensar em comprar algo para o seu parceiro, ou até mesmo, procurar a sua cara-metade online.

Mas lembre-se de ficar atento, cada vez mais existem romances online, e apesar de ter pontos positivos é preciso estar atento a algumas red flags e proteger-se dos cibercriminosos.

Olá!

Adorei o teu perfil — temos imensas coisas em comum, tenho a certeza de que somos perfeitos um para o outro. Não percebeste ainda que o meu perfil é falso e vais cair nos meus golpes.

Obviamente que não sou de Portugal, e claramente não estou à procura de uma relação, mas vamos falar mais em privado através de email ou SMS, isto para conseguirmos comunicar de uma forma mais pessoal para poder enganar-te com o meu charme. 

Nos últimos meses, tenho demonstrado interesse e declarado o meu amor (que não existe) por ti. Quero mesmo conhecer-te e começar uma vida contigo!

Ainda bem que também estás feliz por conhecer-me, que chatice pedir isto, mas vou precisar de alguma ajuda para a viagem. Por alguma razão, o meu cartão de crédito não está a funcionar no site das reservas.  Achas que podes emprestar-me algum dinheiro para que, eu possa estar contigo o mais rápido possível? Enviares-me os detalhes do teu cartão de crédito também é possível, eu trato de tudo, confia em mim.

Ah! esqueci-me-de dizer que recebi uma enorme quantia monetária de herança dos meus avós que, vivem fora do país, e vou precisar da tua ajuda para transferir os fundos para Portugal? Prometo que assim que receba o dinheiro pago-te pela ajuda — vou só precisar que me envies primeiro algum dinheiro devido às taxas e transferências.

Com amor,

O teu cibercriminoso “

Lembre-se: quando parece muito bom para ser verdade, provavelmente deverá ter cuidado. Mantenha-se seguro\a no Dia de São Valentim.